Coletivo Beture

Nos últimos anos tenho colaborado diretamente na formação de um coletivo de cineastas Kayapó, Coletivo Beture (@coletivobeture), composto por cerca de dez jovens que hoje desempenham um papel importante como multiplicador de informação tanto fora como dentro das comunidades. 

 

Mekarõn na língua Mẽbêngôkre quer dizer alma, espírito. Hoje é usada também para imagem, filme. Pensando a cultura como algo mutante e não estático a produção e consumo de obras audiovisuais é cada vez mais difundida, e reforça a ideia de preservar os conhecimentos tradicionais, transmitidos até ontem apenas na forma oral, e oferece uma nova arma na luta pela defesa do próprio território e cultura.